Este site foi idealizado como um espaço livre destinado à divulgação da meliponicultura por meio da multiplicação de conhecimentos e dedica uma seção especial aos seus colaboradores, ou seja, àquelas pessoas que – de maneira direta ou indireta – trabalham pelo desenvolvimento dessa atividade, contribuindo através da divulgação de publicações e referências bibliográficas, da elaboração de materiais didáticos, assim como da edição e revisão de textos e fotos postados no site.

Contribua também com sugestões, críticas e comentários. Participe do nosso grupo! Envie o seu artigo para publicação!

Mensagem de agradecimentos aos colaboradores meliponicultores do portal Abelha Sem Ferrão

mario-tessari

Mario Tessari

Agradecemos ao escritor e meliponicultor Mario Tessari, da cidade de Jaguaruna / Santa Catarina – o qual permitiu a divulgação dos livros infantis de sua autoria: As Amigas Miúdas Que Fazem Mel Sem Ferroar e Conhecendo As Amigas Miúdas, que têm como tema as abelhas-sem-ferrão nativas. É bom saber que as nossas crianças contarão com uma excelente fonte de conhecimentos introdutórios através dessas magníficas obras, que certamente irão despertar um interesse crescente pela vida e criação dos meliponíneos.

evandro-chagas
Agradecemos ao meliponicultor Evandro Chagas, da cidade de São Lourenço / Minas Gerais – que tem contribuído de forma incessante em prol da meliponicultora, publicado um excelente livro para fonte de pesquisa da Abelha Manduri no intuito de promover iniciativas em prol da sua conservação, reunido informações básicas dispersas na literatura, somadas a suas observações no manejo, relatos e experiências compartilhadas por outros meliponicultores a respeito dessa maravilhosa espécie não menos importante do ponto de vista ecológico e ambiental.

rodrigo-zocolotti
Rodrigo Zocolotti, publicitário, designer gráfico e meliponicultor na horas vagas da cidade de Alegre no Espírito Santo tem contribuindo com a montagens dos logotipos e parte artística do site, só temos a agradece-lo pelo apoio a causa em prol as abelhas indígenas (nativas).

 

mandacaia-mqa
Michel Oliveira, meliponicultor conservacionista, criador do portal abelhasemferrao.com, acredito que salvar e preservar as abelhas nativas endêmicas de nossa região é mais do que um dever do ser humano é um favor a ele mesmo na preservação e restauração da biodiversidade. Só uma sociedade bem informada a respeito da riqueza, do valor e da importância da biodiversidade é capaz de preservá-la.

Mel é muito gostoso, todo mundo ama mel. Mas você sabe tudo sobre os insetos que trazem o mel até nós? Não? Bzzzzzzz … Opa, acho que essa página foi invadida por abelhas! Mas elas não vão picar você são abelhas nativas vão apenas compartilhar conhecimentos.