Recebi esse pergunta de um amigo meliponicultor por telefone. Eu sabia parte da resposta, mas não sabia como respondê-lo como as abelhas enxergavam dentro da colmeia já que não existe luz alguma.

Fiquei pensando nisso alguns meses até que resolvi ir atrás da resposta já que ela ficava so me matutando como dizem aqui em minas.

A visão da abelha e um dos sentidos muito desenvolvido para se ter uma ideia a televisão mostra a cada segundo em torno de 30 imagens (30 quadros por segundo ou flash de luz) ao qual ao vemos um filme na televisão vemos as coisas como se estivesse se movimentando, mas cada quadro ou flash equivale a uma imagem = foto. O olho humano e incapaz de distinguir acima de 30 quadros/segundo o limite e 30!

Voltado a falar da visão da abelha sendo ela muito desenvolvida além delas terem a extreme necessidade de enxergarem fora da colmeia precisam enxergar internamente, mas vamos como calma que chegaremos lá.

Na cabeça da abelha possui duas antenas que são sensoriais além das antenas temos também na cabeça cinco olhos que se dividem:

Em três simples olhos que são chamados “ocelos”.

E dois “olhos compostos”.

olho-ocelos-composto

Foto da Uruçú Amarela (M.Rufiventris.Rufiventris)

Os olhos compostos são formados por estruturas chamadas de omatídeos em cada olho composto tem aproximadamente em torno de 3.000 a 13.000 omatídeos que varia entre casta e espécies nas apis os zangões apresentam 13.000 omatídeos e as operárias tem cerca de 6.500 e a rainha tem 3.000. Onde os omatídeos que são na verdade múltiplas unidades ópticas onde cada uma delas focam em uma direção diferente onde essa imagem formada por cada uma dessas pequenas lentes forma no cérebro da abelha uma única imagem de ampla visão de mosaico que tem capacidade de detecta movimentos de maneira imaginável com um campo de visão acima 280 graus quase duas vezes os aproximados 180 graus que e o campo de visão humano, onde também através dessas pequenas lentes as abelhas também consegue distinguir por volta de 300 flashes de luz por segundo.

Relembrando como foi dito acima nós humanos conseguimos ver apenas 30 flash por segundo no máximo, as abelhas enxergariam a televisão como se estivesse folheando um álbum de foto!!

Por isso ela tem a incrível facilidade para se descolar em matas densas para encontrar alimento, e as possibilitam que fujam de ameaças e encontrem seus pares no ar.

Os olhos compostos são muito sensíveis ao movimento. Muitas vezes ouvimos experiente criadores de abelha sobre a importância de movimentos lentos e cuidadoso no apiário ai está a explicação movimento lento não perturbam tanto as abelhas já os movimentos rápidos estimulam o instinto de defesa da colmeia.

A estudo recentes que apontam que as abelha pode ver imagens em detalhe extremo, a partir da distancia de 3 a 4” em torno de 7,62cm a 10,16cm.

Através dos Olhos Compostos que as abelhas conseguem enxergam fora da colmeia, tendo a percepção de cores, luz e movimentos. Apesar das abelhas não terem a capacidade de perceber a cor vermelha ela tem a capacidade de ver cores ultravioleta, azul-violeta, azul, verde, amarelo, laranja e luzpolarizada, tendo ainda um visão panorâmica dos objetos afastados aumentando-os 60 vezes!

Apesar da abelha substitui a recepção do vermelho pela recepção de ultravioleta que segundo pesquisadores isso tem completo sentido já que isso serve para elas se orientarem de volta para a sua caixa de acordo com os raios solares e sua posição, que vão deixando os rastro de UV que serve de referência a abelha, mesmo nos dias nublado esse sistema funciona completamente, já que mesmo nos dias em que o céu encontra-se encoberto de nuvens parte de sua luz ultravioleta em torno de 60% a 80% da radiação solar UV pode atravessar uma cobertura de nuvens no céu.

olho-composto
Uruçú Amarela (M.Rufiventris.Rufiventris)

E agora sim a pergunta que não me calava como a abelha enxergava dentro da colmeia, vocês devem está imaginando a resposta, isso mesmo através dos “três simples olhos” que são chamados de ocelos.

A palavra ocelo é derivada do latin ocellus que significa olho pequeno. Os ocelos são os três pequenos olhos localizados no topo da cabeça da abelha que em apis formam um triângulo. Diferente dos olhos composto da abelha o ocelo e formado por apenas um lente convexa.

Os ocelos são usados para navegação e para manter a estabilidade em voo, os ocelos foram projetados para funcionar como sensores de nível geral de luz. Sendo sensível a baixos níveis de luz e de mudanças na intensidade da luz e os cientistas acreditam que os ocelos são úteis que permitir a detectar o horizonte, para responder rapidamente as alterações na intensidade da luz (UV).

Outra vantagem das capacidades de ver as radiações eletromagnéticas ou os raios ultravioletas das abelhas é a habilidade de detectar flores, cujo néctar guias só pode ser visualizado à luz ultravioleta! Com e o caso da trepadeira – jetirana-branca o seu guia de néctar indica a localização da câmara nectarífera ou trepadeira feijão-de-porco, girassol entre outros.

ocelos-abelha
Na foto acima, pode-se ver uma imagem do que uma flor pode parecer (flor amarela) quando uma abelha usa os olhos compostos. A flor azulada à direita pode ser o que a abelha vê com os ocelos (sob luz UV). Observe o centro escurecido da flor (guia de néctar).

ocelos
Onde os ocelos que têm fundamental função para a abelha enxergarem de perto e no interior escuro dentro colmeia onde não existe fonte luz e também de extrema importância para as abelha saberem a hora de voltar para suas colmeias antes que escureça, sem os ocelos as abelhas demorariam a reagir a mudança de intensidade de luz e iriam dormir fora da colmeia.

WWW.ABELHASEMFERRAO.COM